Pavilhão Municipal José Natário presta homenagem “ao pai do hóquei em patins vianense”

Numa iniciativa que visou prestar homenagem ao desportista, dirigente associativo e empresário, a Câmara Municipal de Viana do Castelo atribuiu ontem o nome de Pavilhão Municipal José Natário ao equipamento desportivo que, até agora, era conhecido como Pavilhão de Monserrate. O autarca vianense, José Maria Costa, referiu que o descerrar da placa de homenagem foi um “hino à alegria”, que contou com a presença de familiares do homenageado, dirigentes desportivos e também com os benjamins e a equipa sénior da Associação Juventude de Viana, clube do qual José Natário foi fundador.

O edil frisou que a decisão de atribuir o nome de José Natário ao pavilhão municipal foi aprovada por unanimidade tendo em conta que o dirigente era “uma pessoa muito envolvida no mundo do desporto, um apaixonado por hóquei em patins”.

José Maria Costa destacou ainda “a grande doçura, a capacidade de diálogo e a sensibilidade da pessoa”, assegurando que José Natário foi “um exemplo das personalidades que fazem a história de uma cidade”. “Ele foi um homem maior. Por isso, é um grande orgulho para a cidade ter um pavilhão com o seu nome”, vaticinou.

O Presidente da Juventude de Viana e neto do fundador, Rui Natário, garantiu que tentará dar continuidade ao legado do avô. José Enes Natário foi sócio fundador e primeiro presidente da Associação Juventude de Viana. Foi também empresário de renome, com diversos espaços a funcionarem no centro histórico da cidade.

Já José Natário, um dos filhos do fundador, assumiu que o homenageado foi “o pai do hóquei em patins vianense, o impulsionador do hóquei do Minho”. “O meu pai foi um dos homens mais temidos e respeitados da modalidade. Era conhecido como ‘O Chefe’, em qualquer uma das posições que ocupou: como atleta ou como dirigente”, destacou.

Leave a Comment