Alvarães deu primeiro passo para construção de nova Praça na freguesia

Realizou-se, este sábado, a demolição do antigo edifício do sindicato dos cerâmicos de Alvarães, desativado há cerca de duas décadas. Depois deste primeiro passo, vai ter início o projeto de criação de uma praça pública, com 20 mil metros quadrados, na freguesia, dotada, entre outras valências, de unidade de saúde.

Num investimento estimado em cerca de dois milhões de euros, a praça pública da vila de Alvarães vai, segundo o presidente da Junta de Freguesia, Fernando Martins, criar uma “centralidade inexistente”, garantindo “maior proximidade e bem-estar” da população.

Este projeto será para concretizar nos próximos cinco anos, prevê a construção de um centro cívico que poderá integrar a nova Unidade de Saúde Familiar (USF) já prevista pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte.

Na proposta feita pela Junta de Freguesia à Câmara de Viana do Castelo, o centro cívico terá creche, lar, centro de dia, farmácia, sede da junta de freguesia, capela mortuária, cemitério e sede do grupo folclórico e a extensão de saúde.

Na envolvente do centro cívico vai ainda nascer uma praça central, com um parque infantil e um polidesportivo.

Edifício demolido.

One Thought to “Alvarães deu primeiro passo para construção de nova Praça na freguesia”

  1. H Candeias

    Criar uma “centralidade inexistente” – seja lá o que isso for – é uma falácia; é até um insulto à população alvaranense que vive com uma centralidade dos (poucos) recursos há décadas. O posto dos correios foi transferido para outro Lugar da freguesia para que fosse iniciada uma descentralização. E agora o douto presidente da junta vem argumentar que quer criar uma “centralidade inexistente”.

    Também me parece falacioso que venha a ser construída a Unidade de Saúde Familiar, prometida há décadas, já que a tendência tem sido o abandono do SNS. Veremos.

Leave a Comment