Aluna da Escola Superior de Ciências do IPVC vence fase regional do Poliempreende

Susana Faria, aluna finalista do curso de Marketing e Comunicação Empresarial da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESCE-IPVC), venceu o concurso poliempreende, na sua fase regional num total de 12 projetos concorrentes, com o Projeto Jelly In (projeto na área alimentar que promete revolucionar a mundo das gelatinas) e que irá representar o IPVC na fase nacional deste concurso que este ano se realiza em Tomar.

André Antunes, aluno finalista do curso de Organização e Gestão Empresariais da mesma escola alcançou o segundo lugar com o projeto Neckthru (plataforma web e App de ensino de música à distância e marketplace).

O terceiro lugar foi alcançado pelo projeto Field of light. O júri decidiu ainda atribuir duas Menções Honrosas aos projetos 3 Feet e RestEasy.

Os dois primeiros classificados e no seguimento do protocolo estabelecido entre o IPVC, o BIC Innovation e a In.Cubo, têm direito a um período de 6 meses de incubação nas suas instalações.

O 1.º classificado terá opção de escolha sobre a entidade onde pretende incubar o seu projeto (BIC Innovation ou In.Cubo).

Os prémios das incubadoras terão de ser usufruídos até dia 31 de agosto de 2020.

O Poliempreende (concurso de ideias e de consequentes planos de negócios) é promovido conjuntamente por todos os Institutos Politécnicos portugueses e tem uma componente regional e outra nacional.

A nível regional, cada Instituto Politécnico promove um conjunto de iniciativas destinadas aos seus alunos, que culminam na escolha do melhor projeto, sendo os vencedores de cada Instituto Politécnico, e neste em particular a aluna Susana Faria, submetidos à apreciação de um júri nacional que irá escolher os três melhores projetos, e que este ano decorrerá no Instituto Politécnico de Tomar.

Quer na fase regional, quer na fase nacional, existem prémios monetários a distribuir de acordo com o regulamento do concurso e que facilitam a implementação do negócio, bem como existe a possibilidade do projeto vencedor poder vir a ser incubado nas seguintes organizações parceiras: BIC Innovation ou In.Cubo.

Leave a Comment