Impacto da Pneumónica dá mote a conferência e exposição em Cerveira

A Câmara de Vila Nova de Cerveira, através do Arquivo Municipal, vai inaugurar, no sábado, a partir das 15:30, a exposição intitulada “Vila Nova de Cerveira: Entre a Guerra, a Fome e a Pneumónica (1916-1919)”, precedida de uma conferência de reflexão e debate sobre a temática. As iniciativas, que decorrem no Auditório da Biblioteca Municipal, assinalam o Dia Internacional dos Arquivos, que se comemora no domingo, e o centenário sobre o fim da ‘Gripe Espanhola’.

Em comunicado a autarquia de Cerveira explicou que “Através de um vasto espólio documental, de alguns registos fotográficos e de vários indicadores demográficos e económicos à data, uma visita à exposição permite conhecer os episódios, os acontecimentos e as personalidades mais marcantes desse período conturbado, sobretudo a nível concelhio”.

“Na sequência de um protocolo celebrado entre a Câmara Municipal e a Escola dos Serviços – Exército Português, os visitantes poderão ver in loco dois exemplares de uniformes da Grande Guerra, um respeitante ao ‘Teatro Europeu’ e um outro ao ‘Teatro Africano’, disponíveis apenas até 28 de junho”, acrescentou.

A conferência terá como oradores Aurora Botão Rego, doutorada em Demografia Histórica e investigadora do Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória, que vai analisar “A Incidência da Pneumónica no Concelho de Vila Nova de Cerveira (1918-1919)” e a participação de três jovens estudantes da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira – André Neves, Catarina Afonso e João Oliveira – que, sob orientação da professora Emília Lagido, vão fazer uma apresentação intitulada “A Grande Guerra, a pneumónica e seu impacto em Vila Nova de Cerveira”.

A exposição no Arquivo Municipal pode ser visitada até dia 27 de dezembro, em horário normal de funcionamento daquele serviço.

Leave a Comment