Greve provoca corrida aos postos de abastecimento de combustível também em Viana do Castelo

A greve dos camionistas de materiais perigosos está a provocar uma corrida aos postos de abastecimento.

A exemplo do que se vai verificando um pouco por todo o país, a greve também está a originar em Viana do Castelo uma corrida mais elevada aos postos de gasolina.

Numa rápida volta pela capital do Alto Minho, o cenário é igual ao de todo o país. Longas filas para abastecimento de combustível. “A manter-se o atual estado das coisas é evidente que vai acontecer uma rutura de stocks em vários pontos”, alertam os revendedores de combustíveis.

Os portugueses receiam uma escassez de combustível devido à greve (em vigor) do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP).

O governo decretou a “requisição civil”, que visa assegurar os serviços mínimos que abrangem infra-estruturas críticas, como aeroportos, portos, bombeiros, forças de segurança e unidade de saúde.

A greve foi convocada pelo Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas por tempo indeterminado, para reivindicar o reconhecimento da categoria profissional específica.

Leave a Comment