Câmara de Viana promove homenagem a Amadeu Costa

A Câmara Municipal de Viana do Castelo vai lançar uma exposição e um livro de homenagem a Amadeu Costa. A sessão decorre amanhã, pelas 17:00, na Biblioteca Municipal.

Em comunicado, a autarquia adiantou que a sessão “apresenta a edição de Obras Completas de Amadeu Costa, que integra uma coleção que presta homenagem às figuras e personalidades que, com o seu trabalho e dinamismo, engrandeceram a cidade e todo o concelho”.

Nascido no bairro da Ribeira, mais propriamente na Rua do Loureiro, troço atualmente denominado Rua Monsenhor Daniel Machado, a 23 de outubro de 1920, Amadeu Costa sempre assumiu o seu amor pela divulgação dos usos e costumes locais, mormente o traje à vianesa, além da organização das Festas em Honra de Nossa Senhora da Agonia.

Amadeu Costa foi um incansável lutador pela criação de um museu dedicado ao traje regional em Viana do Castelo. No momento da aquisição do edifício do Banco de Portugal para a instalação desse Museu, em 1996, foi ele que organizou a exposição Traje Regional, a primeira que aí se realizou. Também por esta razão, o Museu atribuiu a uma das suas salas o nome de Galeria Amadeu Costa.

Falecido em 1999, a família, num ato de generosidade, estabeleceu com a autarquia vianense um protocolo de doação de uma valiosa coleção de trajes que pertenciam a Amadeu Costa ao Museu do Traje. Esta doação incluiu algibeiras, aventais, saias, coletes, casacas, camisas, lenços, calçado, meias, toalhas e trajes de homem e mulher, enriquecendo o património do Museu do Traje de Viana do Castelo. Foram doadas dezenas de fatos, numa coleção que incluiu trajes ricos, mas também os mais humildes, mais esquecidos, aqueles que chamaram menos a atenção dos colecionadores: os trajes de trabalho, grosseiros, com pouca decoração, do quotidiano duro, das idas ao monte para cortarem o mato para as camas dos animais, ou das lavradas que duravam dias inteiros.

Leave a Comment