Augusto Canário lança livro e CD “por amor” a Viana do Castelo

O artista vianense de 58 anos, Augusto de Oliveira Gonçalves, mais conhecido por Augusto Canário, natural de Vila Nova de Anha, decidiu partilhar os seus poemas, as partituras das melodias, delicadamente ilustradas com excertos da obra do pintor vianense Rêgo Meira, também ele um Anhense., e a visão atenta e a arte dos fotógrafos José Maria Barroso Coelho, Joca e Bruno Ribeiro. Tudo isto, com trabalho gráfico de Kátia Leite.

Trata-se de um livro com “CANTIGAS COM AMOR A VIANA”, de um dos seus mais populares habitantes, o cantor/cantador, “Artesão de Cantigas”, “Embaixador da Alegria”, Embaixador de Viana do Castelo.

Desta obra de Augusto Canário faz parte um CD, onde se podem escutar as melodias transcritas no Livro, para que possam usufruir das cantigas, que lhe dão corpo.

No seu percurso artístico, Canário, nunca deixou de ter Viana no Coração. Esse amor à sua terra traduz-se nas permanentes referências à princesa do Lima. Traduz-se também, nas suas cantigas que compõe e nas desgarradas que improvisa.

No ano dois mil escreveu e compôs o “Vira de Nossa Senhora da Agonia”, sua primeira cantiga dedicada à sua terra. Desde então, nunca mais deixou de dedicar trovas e melodias a Viana do Castelo.

Essa postura tem-lhe valido o reconhecimento popular das suas gentes com imensos mimos e carinhos, de que se destacam, mais de uma década a atuar na maior Romaria de Portugal, a Senhora da Agonia, a atribuição oficial do título de Cidadão de Mérito, pelo Município de Viana do Castelo, a designação para Presidente da Comissão de Honra da Romaria de Nossa Senhora da Agonia em 2017.

Mas, o que mais agrada ao cantor, é o “reconhecimento e o carinho da generalidade do povo” da sua terra, onde se sente “verdadeiramente em paz, em harmonia”.

Como forma de gratidão, a todos os vianenses e a “todos quantos têm Viana no Coração” decidiu juntar, neste livro, todas as cantigas que escreveu e compôs sobre a “menina dos seus olhos”, Viana do Castelo.

Trata-se de um trabalho que se pode considerar uma declaração de amor a Viana do Castelo.

Leave a Comment