Teatro Sá de Miranda enche no “Ouvir e Falar” com Maria do Céu Guerra

O Teatro Municipal Sá de Miranda teve, no último sábado, sala cheia em mais um espetáculo do “Ouvir e Falar”, que contou com a participação especial da atriz Maria do Céu Guerra.

A atriz revelou à Rádio Geice que “não quis dizer que não ao maestro António Victorino D’ Almeida” para participar no espetáculo que teve “muita qualidade de receção”.

“Gosto muito do maestro, sou uma grande amiga dele e foi uma oportunidade de estar junto de um público que não vejo todos os dias e que me recebeu bem”, disse.

O presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa, voltou a marcar presença no ciclo de conversas e confessou a “admiração pela atriz Maria do Céu Guerra”.

“Foi uma noite fantástica, porque tivemos aqui uma grande senhora do teatro, do cinema e da televisão, que é uma personagem única com muita vida”, afirmou o autarca.

A conversa contou, ainda, com as participações musicais de Gil Godinho na guitarra clássica, Carlos Azevedo (Trio de Jazz) e Camané que num momento dedicado ao fado acompanhado por André Dias em guitarra portuguesa, por Carlos Manuel Proença em viola e por Paulo Paz no contrabaixo.

O novo projeto da Câmara Municipal, promovido pelo maestro António Victorino d’Almeida e Miguel Leite, decorre até 30 março todos os sábados às 21:30, no Teatro Sá de Miranda.

A próxima conversa está marcada para dia 16 de março com o guitarrista clássico argentino, Eduardo Isaac.

Leave a Comment