Futebol de Rua: Casa dos Rapazes representa distrito de Viana do Castelo na final nacional

Está a decorrer em Braga, a final nacional do Torneio de Futebol de Rua, no qual, o distrito de Viana do Castelo se faz representar com vários jovens da Casa dos Rapazes.

Trata-se de uma competição de futebol inclusivo que promove o acesso ao desporto e coloca em prática as competências pessoais e sociais adquiridas, indispensáveis à capacitação e integração social, como refere a organização em comunicado.

Mais de 200 jovens de todo o País, incluindo as regiões autónomas da Madeira e dos Açores, participam nesta iniciativa. A estes, juntam-se as comitivas da Bélgica, Inglaterra e México que foram convidadas pela organização.

A final nacional está a ser organizada em parceria com a Câmara Municipal de Braga e servirá para apurar o campeão nacional e selecionar a comitiva que irá participar no Campeonato do Mundo de Futebol de Rua na Cidade do México.

Os oito participantes escolhidos para a seleção portuguesa serão notificados até 10 de agosto e entram em estágio de 2 a 11 de novembro de forma a preparar a sua participação no Campeonato do Mundo.

Entre outros objetivos, esta competição pretende promover a participação, a mudança, a autoestima e a dignidade de cada participante fora do ambiente institucional e de intervenção tradicional; o desenvolvimento pessoal e relacional e a consciência da pertença a um grupo social e dos seus direitos de cidadania, impulsionando novas propostas de vida em sociedade; a reconstrução de uma imagem social positiva do grupo social junto dos media, da população em geral e dos órgãos governamentais; o desenvolvimento de competências pessoais e sociais básicas e assertivas e o reforço e restabelecimento de redes de sociabilidade e afetividade; a partilha de responsabilidades e objetivos, na procura de soluções criativas, oportunidades e instrumentos de promoção e inclusão social.

A competição decorre em Braga entre 11 a 15 de julho, é promovida pela Associação CAIS em parceria com o Município de Braga e a Fundação Bracara Augusta.

Notícias relacionadas

Leave a Comment