Águas do Norte investe 65 milhões de euros em obras de água e saneamento em Viana do Castelo

A Águas do Norte está a fazer um investimento previsto de 65 milhões de euros no concelho de Viana do Castelo. Estão já em fase de conclusão as empreitadas de abastecimento de água referentes à execução do reservatório e condutas de Pousados, que irão abastecer a freguesia de Nogueira, com um valor de 870 mil euros, das condutas e reservatórios de Milhões, Vila Franca e Barroselas, que irão abastecer as freguesias de Alvarães, Barroselas, Carvoeiro, Mujães, Vila Franca, Vila Fria e Vila de Punhe, no valor de 3,9 milhões de euros, e a empreitada de execução das condutas e reservatórios de Subportela e Mujães, que irão abastecer as freguesias de Subportela, Mujães e Portela Susã, no valor de 1,3 milhões de euros.

Encontram-se ainda em execução os investimentos referentes às empreitadas de Deão, Deocriste e Freixieiro de Soutelo, que irão servir as mesmas freguesias, no valor de 1,8 milhões de euros, assim como a empreitada de reabilitação do intercetor de águas residuais de São Romão, no valor de 350 mil euros.

 No âmbito do Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e de Saneamento do Norte de Portugal estão ainda previstos, no concelho de Viana do Castelo, investimentos na ordem dos 7,3 milhões de euros em abastecimento de água, respeitantes ao reservatório de Afife, à ligação ao reservatório de Perre a Outeiro, à ligação do reservatório de Pousados a Montaria e à remodelação da conduta de Bertiandos. No que diz respeito ao saneamento de águas residuais, os investimentos previstos incluem o intercetor e estação elevatória de Serreleis, Cardielos, Torre e Vila Mou, o intercetor e estação elevatória de Vila de Punhe, Barroselas e Mujães, e a reabilitação da conduta da Areosa e de Darque, num valor total estimado de 2,8 milhões de euros.

A Águas do Norte iniciou a atividade a 30 de junho de 2015 e, enquanto entidade gestora do Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e de Saneamento do Norte de Portugal, em “alta” é responsável pela captação, tratamento e abastecimento de água para consumo público e pela recolha, tratamento e rejeição de efluentes domésticos, urbanos e industriais e de efluentes provenientes de fossas sépticas.

Assume ainda a exploração e gestão do sistema de águas da região do Noroeste, reunindo numa única entidade gestora os serviços de abastecimento de água e saneamento de águas residuais em “alta” (prestados aos Municípios) e em “baixa” (prestados aos utilizadores finais, os munícipes), de forma regular, contínua e eficiente.

Fotos Ricardo Sousa/DR – GEICE FM

Notícias relacionadas

Leave a Comment