Atletismo: Meia-maratona Manuela Machado realiza-se dia 21 de janeiro com mais de 4.000 inscritos

 No próximo dia 21 de janeiro, pelas 10h30, realiza-se a 20ª edição da Meia-Maratona Manuela Machado, uma prova que já conquistou o seu espaço a nível nacional e internacional e que vai trazer a Viana do Castelo mais de 4.200 atletas, destacando-se a participação de mais de 850 galegos, quando ainda faltam alguns dias para terminarem as inscrições. A Meia Maratona Manuela Machado – Viana Fica no Coração será acompanhada pela já tradicional Caminhada, uma iniciativa de cerca de 5 quilómetros que pretende apoiar, este ano, a AMA – Associação de Amigos do Autismo de Viana do Castelo.

Manuela Machado, responsável pelo evento, explicou que, na prova principal, estão já assegurados “4.186 atletas, mais 186 do que na edição de 2017”. Por isso, garante a campeã vianense, é um “orgulho” ver “a cidade cheia de atletas”. “É importante para mim ver toda esta gente a correr”, assumiu a responsável.

No que toca a atletas de renome, nos masculinos estão garantidos Ricardo Ribas, do Sport Lisboa e Benfica, Daniel Pinheiro, do Águias de Alvelos, vencedor da corrida em 2015, Hassan Lekhili, do Adas O Barco e Manuel Hurtado Sanjurjo do SG Pontevedra. Mais atletas importantes na modalidade irão marcaram presença, mas apenas serão divulgados mais perto da prova.

No que toca a atletas femininos, Doroteia Peixoto dos Amigos da Montanha também está confirmada, mas Manuela Machado aguarda ainda pela confirmação de outras atletas, que só o poderão fazer na próxima semana.

José Maria Costa, presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo explicou, esta sexta-feira, na conferência de imprensa de apresentação da prova, que esta é “uma grande festa do atletismo e de homenagem renovada anualmente a Manuela Machado”. “Já é uma prova de referência nacional e internacional, mas queremos que atinja uma maior internacionalização. É um enorme orgulho ter a nossa campeã a dar a cara à grande festa do atletismo de Viana do Castelo”, frisou o autarca, evidenciando também a “importância da componente turística” da meia-maratona, que enche a cidade de visitantes. “Temos a oportunidade de ter aqui, durante um fim-de-semana, muitos atletas e familiares não só de Portugal, mas também da vizinha Galiza, o que aumenta a visibilidade de Viana do Castelo e do seu potencial turístico”, disse.

Notícias relacionadas

Leave a Comment