Hóquei em Patins: Arbitragem impediu Juventude Viana de conquistar pontos em Tomar

Os árbitros José Pinto (Porto) e Rui Torres (Minho), impediram a Juventude Viana de conquistar pontos este sábado em Tomar, em partida da 7ª jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins da 1ª Divisão.

Num jogo que até estava a ser bem disputado pelas duas equipas, a dupla de arbitragem decidiu ser protagonista e prejudicou, não só a equipa minhota mas também o espetáculo.

O Sporting de Tomar a jogar em casa e com a necessidade de conquistar pontos até entrou com vontade mas encontrou pela frente uma equipa, apesar de desfalcada, muito bem organizada que não deu hipóteses durante toda a primeira parte.

A Juventude Viana em lances de ataque bem organizados, inaugurou (0-1) o marcador por Francisco Silva a 12 minutos do intervalo e Nelson Pereira ampliou (0-2) a vantagem minhota a 5 minutos do descanso.

Se na primeira metade tudo correu normalmente, o mesmo já não se pode dizer da segunda parte!

Completamente desorientados, os árbitros do encontro tornaram-se nos protagonistas principais, especialmente Rui Torres, que começa a ter um histórico negativo sempre que apita jogos da Juventude. O arbitro da Associação de Patinagem do Minho, logo no reinicio da partida, transformou uma grande penalidade a favor da Juventude Viana em livre direto para o Tomar, expulsou de forma errada João Ramalho, e assim deu vida aos donos da casa no jogo. Na conversão do lance de bola parada, Dinis reduziu (1-2) para os locais.

Completamente perdidos no jogo, os árbitros asilaram varias faltas, de uma forma estranha à Juventude Viana, até atingir as dez que permitiu ao Tomar voltar a ganhar novo livre direto. De novo Dinis, alheio ao que se ia passando, aproveitou para empatar (2-2) o jogo.

Com o tempo a correr muito rápido para o final, a Juventude Viana atirou-se desesperadamente para a frente à procura de se voltar a colocar em vantagem, mas em contra ataque acabou por sofrer mais dois golos. Alexandre Marques e Ivo Silva fixaram o resultado em 4-2.

Sem qualquer culpa do que estava a acontecer na pista, o Sporting de Tomar aproveitou da melhor maneira os erros a seu favor e conquistou três pontos importantes na competição.

Com esta derrota a Juventude de Viana mantém o 6º lugar da tabela classificativa com 9 pontos, mas perdeu a possibilidade de se juntar ao OC Barcelos no 5º lugar da classificação.
Na próxima jornada, que se joga apenas a 13 de dezembro (Quarta-feira), a equipa de Viana defronta em Monserrate a Oliveirense.

Resultados da 7ª jornada:

Sp. Tomar – Juventude de Viana, (4-2)
Grândola – Turquel, (3-3)
Infante de Sagres – Valença, (3-6)
FC Porto – HC Braga, (7-)2
Benfica – OC Barcelos, (2-1)
Oliveirense – Paço de arcos, (3-2)
Sporting – Valongo (domingo às 15 horas)

Notícias relacionadas

Leave a Comment